Espanhol da Argentina: o que muda?

Há sim diferenças entre o espanhol falado na Argentina e em outros países de língua espanhola. Mas a base é a mesma! Veja o que você precisa saber para ser entendido em qualquer lugar do mundo. 

O fluxo de estudantes brasileiros tem aumentado muito na Argentina e, com isso, cresceu a procura por cursos de espanhol focados na pronúncia e nas peculiaridades do idioma argentino. Para começar, é preciso deixar claro que, quando você aprende espanhol, está preparado para falar em qualquer lugar do mundo, a gramática é a mesma! 

O que muda de região para região é a pronúncia, a forma de tratamento e alguns termos e jargões – isso muda até mesmo dentro do próprio território argentino. Mas pense: aqui no Brasil também temos um monte de variações de termos – é mandioca, macaxeira ou aipim? 

Então não se preocupe, porque o jeito de falar de cada localidade você adquire no dia a dia, rapidamente. O fundamental é ter uma base sólida. 

Ficou curioso sobre as diferenças? 

Pronúncias e palavras típicas do espanhol argentino

Veja como são os sons:

LL, como em lluvia ou cabello = a pronúncia é similar ao nosso J ou CH

CH, como em luchar = a pronúncia deve ser similar à do nosso tchau. 

Y seguido de vogal, como em ya = a pronúncia tem som do nosso J ou CH

J, como em jugar ou jamón = pronuncia-se como o nosso RR

Já em outros países, como México e Espanha, a escrita é exatamente igual, mas pronúncia muda. Note a palavra paella, por exemplo: na Argentina, falamos algo que soa como “paeja”; na Espanha, o som se parece com “paelha”; e em outros países latinos podemos ouvir “paedja”. 

Alguns termos que variam:

Feijão = na Argentina falamos porotos, mas em muitos países o mais comum é frijoles

Pipoca = na Argentina é pochoclo, mas também é chamada de palomitas de maíz, rositas e canchitas em outros lugares

Ônibus = na Argentina se diz colectivo, mas em Cuba é guagua, na Espanha é autobús

Caneta = na Argentina falamos birome, na Espanha é bolígrafo, no México é pluma

Calçada = na Argentina se diz vereda, na Espanha é acera e no México é banqueta

Viu só que interessante? 

O mais importante é estudar a língua! As particularidades você vai pegando aos poucos. Tenha em mente que aprendendo espanhol da Argentina você estará preparado para falar em qualquer lugar do mundo. 

O curso Hablando foi elaborado em Córdoba, na Argentina, e todos os áudios das aulas de gramática foram gravados por uma locutora argentina, na Fundação Universitária Mariano Moreno.

Depoimentos

Finalizei o primeiro módulo no Hablando e pretendo continuar os demais. Adorei o curso e toda plataforma oferecida. Os vídeos-aula são bem explicativos, além dos exercícios que nos ajudam a fixar o aprendizado e nos mostram no que temos que melhorar. Terminei com aquele “gostinho” de quero mais. Realmente é um ótimo investimento. Recomendo! Aryane Santos

Fiz o curso completo (básico, intermediário e avançado) e me surpreendi com a qualidade do curso! As aulas de vídeo são simples e efetivas, a história é interessante e as aulas no skype são direcionadas para aprimorar o desenvolvimento individual. Sempre quis aprender mais espanhol para melhorar a comunicação em viagens, com amigos e ter mais oportunidades no trabalho. Graziele Oliveira Batista

Vantagens do curso

Rápido e eficiente.

Desenvolvido para brasileiros.

Disponível 24 horas por dia.

Com certificado

Veja nossos cursos

Reviews