Aula de Espanhol

vogais

Espanhol Grátis - Aula sobre vogais

Hola, qué tal?
Para quem não me conhece, sou a Débora, a argentina mais brasileira do planeta. Meus amigos me chamam de argentina fajuta ou paraguaia, porque meu coração é totalmente brasileiro.E aproveitando meu nome já vou começar ensinando uma diferença importantíssima entre português e espanhol.
Em espanhol, pronunciamos Debora e não Débora.
As vogais em espanhol só tem 1 som, e são A E I O U.
Não tem Ã, É, Ó...
Já notaram que quando vocês falam em português com alguémcuja primeira língua é o espanhol, o desgraçado, não entende nada e você entende tudinho. E ai vai outra dica: desgrasado em espanhol é sem gordura.
E vocês se perguntarão... por que? Eu te conto.
Primeiro um pouco de falta de imaginação e contato com o nosso
precioso português. Segundo, porque em português temos mais
sons que em espanhol.
Eu confeso que até hoje, mesmo tendo vivido mais de 30 anos no Brasil, fico confusa quando vocês falam vovó e vovô.
Tenho que olhar se vcs estão abrindo o fechando a boca. Óleo e olho e então nem se fala.
Nasci na Argentina, sim, já sei ninguém é perfeito,
mas consertei o problema quando fiz 18 anos e mudei para o Brasil, junto com os meus pais e irmãos.
E depois de 32 anos de Brasil, mudei com o meu marido e filho para Melbourne, na Australia. Agora, com este último dado, já pode calcular a minha idade. Meu marido demorou 23 anos para me convencer a sair do Brasil, que considero a minha pátria. E só conseguiu porque meu filho, que na época tinha 14 anos, disse que ia pegar sua bicicleta tranquilo e ir para a escola.Lembro que pensei: não vou dormir tranqüila nunca mais...
Ah sim, porque além de Argentina, sou mãe judia, loira e Corintiana... Pensou que só você tinha problemas na vida? Com o Brasil e a língua portuguesa, foi amor a primeira vista. Sou apaixonada pelo português e pelos Brasileiros. Quer me ver enojada, que em espanhol significa brava e não enjoada, fala mal do Brasil. Tenta!
Amo as pessoas, sua ginga, seu carisma.
Da música... nem falar!
E da comida, as vezes sonho que estou sentada numa padoca tomando um pingado comendo um pão na chapa.
Adoro falar com todo mundo no elevador. A minha amiga Nathi sabe o quanto tentei fazer o mesmo aqui em Melbourne no prédio em que as duas trabalhávamos.
Mesmo ritual, subia no elevador, cumprimentava o australiano de plantão que me olhava como dizendo, vem cá, eu te conheço?
No Brasil você não precisa conhecer a pessoa para conversar. Você conversa para conhecer! Como eu saí do Brasil, mas o Brasil não saiu de mim, aqui estou eu dando aula de espanhol para brasileiros. Depois de tantos anos dando aula, sinto que posso ajudar vocês a parar de falar portunhol. O que acham? Topam?

Matricule-se em nosso curso completo

6 x R$ 99

Conheça o programa